Guarda municipal baleado morre no Hospital Trabalhador

Morreu nesta semana, no Hospital do Trabalhador, o guarda municipal Gerson Honorato Marciano, 48 anos. Ele foi baleado em um bar na Cidade Industrial de Curitiba, em 20 de julho, e estava internado em estado grave, tentando se recuperar, desde então.
Gerson havia retornado do trabalho e foi até o bar, que fica na Rua Santa Beatriz de Vivência. No mesmo estabelecimento estava Fábio Schauer Nunes, que marcava uma partida de futebol com os amigos, e Rodrigo de Oliveira Leal, solto menos de 15 dias antes depois de nove meses de prisão, acusado de um homicídio. De acordo com a esposa, ele foi solto depois de ser inocentado.
Por volta das 20h, dois homens invadiram o local. Segundo as testemunhas, o alvo deles era Rodrigo. Eles efetuaram vários disparos na direção do ex presidiário e, quando todos os clientes saíram correndo, eles se dividiram. Um deles atirou em um grupo de pessoas, acreditando que Rodrigo estava lá, e acabou atingindo o guarda municipal, que ainda vestia uma camiseta branca da corporação. A dupla fugiu.
Na confusão, Fábio também foi baleado e uma mulher foi atingida de raspão na cabeça. Rodrigo e Fábio foram encaminhados por socorristas do Siate ao Hospital do Trabalhador e já se recuperaram. Gerson, depois de mais de três meses internado, não resistiu aos ferimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: