Amigos do Blog

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Guarda Municipal de Criciúma começa a mudar o foco de atuação.

O início do mês de maio representa uma nova etapa para a Guarda Municipal e os agentes de trânsito de Criciúma. Com a terceirização da vigilância em pontos do patrimônio do Município, como os prédios da prefeitura e unidades de saúde, o efetivo volta a operar na totalidade pelas ruas e praças, a partir desta quarta-feira (2). O trabalho de parte dos agentes, que estava dirigido à proteção dos bens públicos, passa a ser focado na proteção de vias e praças de grande circulação de pessoas e orientação no tráfego em locais estratégicos.
O superintendente de Trânsito e Transportes da Autarquia de Segurança, Trânsito e Transportes de Criciúma (ASTC), João Braga, a Guarda Municipal continuará a fazer a segurança 24 horas por dia nos terminais urbanos, rodoviária e Parque das Nações Cincinato Naspolini. Outra parte da corporação, hoje composta por 43 guardas e auxiliada por 12 agentes de trânsito, estará presente nas proximidades a escolas para orientar o tráfego de veículos, principalmente nas travessias de crianças.
Por meio de rondas, os guardas municipais buscarão contribuir com a segurança nas Praças Nereu Ramos, do Congresso e Maria Rodrigues (próximo à Assembleia de Deus). “Também estaremos em centros comerciais de bairros estratégicos, como Rio Maina, Santa Luzia e Próspera. Principalmente nas praças, onde há incidência de moradores de rua e usuários de drogas, faremos um trabalho comunitário junto com o pessoal do CREAS para ressocialização dessas pessoas”, conta Braga.
As atribuições do efetivo da ASTC possuem algumas diferenças. Tanto a Guarda Municipal quanto os agentes de trânsito têm a função de orientar e supervisionar o trânsito nas vias públicas. A Guarda Municipal, no entanto, de acordo com Braga, tem também a função de proporcionar a segurança para a comunidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso da Guarda Municipal de Curitiba