BOATOS DE QUE JUIZ CANCELOU PRISÃO FEITA POR GUARDAS MUNICIPAIS É MENTIRA!! NOTICIA FALSA.

NÃO ACREDITEM EM NOTICIAS FALSAS, SE VCS PERCEBEREM, EM UMA DAS MATERIAS DIZ GUARDA MUNICIPAL DE SANTA CATARINA? UMA GUARDA ESTADUAL?
OUTRA COISA É O NOME DO JUIZ, ALEXANDRE MORAES ROSA, ESTE JUIZ É FAMOSO POR DECISÕES  POLÊMICAS, VEJA UMA:


 O juiz Alexandre Moraes Rosa, da 4ª vara criminal da capital, mandou soltar Thiago Silva Machado, 25 anos. O cara foi preso dia 26 de junho acusado de pedofilia, após ser denunciado pelo pai de uma jovem de 16 anos. A repercussão da prisão de Thiago foi tão grande que ele foi banido do grupo de escoteiros que liderava.( só seria crime se a menina tivesse menos de 14 anos, acima de 14 se a denuncia partisse da jovem, não do pai, e já não seria pedofilia e sim estupro, agora vão falar que ele "soltou" o detido, porque foi preso por policiais? aconteceu a mesma coisa na ocorrência dos GMs, eles estão respondendo em liberdade por outros fatores da lei, mas não pelo fato da prisão ser feita por GMs.

 NOSSO BLOG CONSEGUIL DE 1° MÃO A OCORRÊNCIA VERDADEIRA, E SIM ELES NÃO ESTÃO PRESOS, POIS ESTÃO RESPONDENDO PROCESSO EM LIBERDADE, FATO NORMAL.


1º Fato - Desobediência

Na madrugada do dia 1º de junho de 2012, por volta da 0h30min, na Rua Silva Jardim, Centro, nesta Cidade, o denunciado CARLOS EDUARDO DE SOUZA desobedeceu ordem legal de parada solicitada pela Guarda Municipal de Florianópolis/SC, em razão de manobras bruscas na condução do veículo SEAT/CORDOBA, Placa MCF-8XXX, conforme Boletim de Ocorrência das fls. 34/35.


Ao agir, o denunciado, juntamente com as pessoas abaixo identificadas, ao perceber a aproximação da viatura da Guarda Municipal, empreendeu fuga, na condução do sobredito veículo, ocasião em que foi perseguido e, no local acima indicado, recebeu ordem legal de parada dada por um funcionário público, ou seja, um dos Guardas Municipais, à qual não obedeceu.


2º Fato – Transporte Ilegal de Arma de Fogo


Na madrugada do dia 1º de junho de 2012, por volta da 0h30min, na Rua Silva Jardim, Centro, nesta Cidade, os denunciados ADEMILTON NILTON DOS PASSOS JUNIOR, CARLOS EDUARDO DE SOUZA, EVANDRO DOS SANTOS DE OLIVEIRA e RAFAEL HENRIQUE DIAS DE OLIVEIRA, em comunhão de esforços e conjugação de vontades, transportavam, sem autorização e em desacordo com determinação legal ou regulamentar, dentro do veículo SEAT/CORDOBA, Placa MCF- 8039, arma de fogo de uso proibido e munições, consistentes em 1 (um) revólver marca Taurus, calibre .38, com a numeração suprimida/raspada e municiado com 6 (seis) cartuchos intactos, conforme o Termo de Exibição e Apreensão da fl. 21.


"Nesse contexto, os denunciado, previamente ajustados entre si, aderidos à conduta um do outro, ao receberem a ordem de parada proferida pela Guarda Municipal desta Cidade, jogaram pela janela do automóvel acima detalhado, onde todos estavam trafegando, a referida arma de fogo que transportavam ilegalmente. Ato contínuo, arrancaram bruscamente com o carro mas decidiram parar, cerca de 500 metros daquele local, onde a Viatura n. 106 da Guarda Municipal encontrou o artefato por eles dispensado, razão pela qual foram todos presos em flagrante delito.

Vieram os autos conclusos. 

É o relatório.


ALGUEM MANIPULOU A INFORMAÇÃO, PARA PREJUDICAR AS INSTITUIÇÕES GCM.
QUEM SERÁ QUE FEZ ISSO?

 PARTICIPE DO NOSSO BLOG:

2 comentários:

  1. véi na boa...
    Vários erros, desde as mudanças trazidas pela lei 12.403/2011 todos os crimes com penas até 4 (quatro) anos devem ser respondidos em liberdade. Destes inclusive o de porte ilegal de arma de fogo, a propósito, o texto diz que foram presos pelo crime de TRANSPORTE DE ARMA DE FOGO, e na boa, se eu fosse o advogado alegaria a inépcia da denúncia se estivesse escrito "transporte", por ser conduta atípica....

    e quanto a prisão ser ilegal por ser feita abordagem quando não existia nenhum crime em flagrante, dá licença, mas o pm que fez isso não manja nada de nada mesmo.
    Os crimes como táfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo entre outros são crimes permanentes, é aquele cuja consumação é prolongada, dependendo sua duração da vontade do sujeito ativo.
    Ou seja, se o porte é ilegal, seria ilegal quando os integrantes do veículo fugiram quando viram a viatura da guarda municipal, poderia ser dado o flagrante a qualquer momento...LAMENTÀVEL...E esse fato dos malas fugiram quando viram a viatura da gm já fala por si, contradizendo a fala na suposta sentença que diz que os Guardas não realizam policiamento ostensivo, preventivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André Freitas, Muito obrigado por dividir seu conhecimento.

      Excluir

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: