Cães farejadores auxiliarão trabalho da Guarda Municipal de Várzea Grande

O treinamento de cães de faro e segurança é um projeto antigo, que começa a ganhar respaldo, da Guarda Municipal de Várzea Grande (GMVG). A ideia é utilizar os animais para a detecção de tóxicos e segurança na Copa de 2014. “Os cães tem uma grande capacidade sensorial e podem ser utilizados em diversas tarefas. Mas para que isso seja possível, devem ter, sobretudo, um bom adestrador”, destacou o comandante da instituição Louriney Silva.
Com o objetivo de ampliarem o conhecimento, os GMs Alan Kardec e Ivanildo Lourentino participaram, recentemente, na cidade de Diadema (SP), de um curso de adestramento de cães. “A capacitação dos guardas também é uma pré-exigência para que os agentes possam atuar na área”, informou o comandante.
Ele disse ainda que o projeto é inicial, mas que a GM pretende montar um canil, com seis cães e ampliar também o número de agentes treinados para lidar com os animais. “Por enquanto os cães, utilizados no treinamento são de propriedade de um de nossos GMs, mas pretendemos no futuro ter os nossos próprios animais”, informou.
COPA 2014 – Além da utilização de cães para a detecção de tóxicos e segurança, o comando da GM pretende ainda investir na capacitação e treinamento de pessoal. “Estaremos recebendo em breve mais 20 GMs, entre homens e mulheres que estarão se juntando aos demais guardas. Estamos trabalhando para garantir que a população local possa se sentir muito mais segurança”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: