Marcha de advertência em Natal.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Natal (Sinsenat) realizou na manhã de ontem uma paralisação de advertência na praça Almirante Tamandaré, próximo ao Viaduto do Baldo.

Durante a paralisação, funcionários municipais fizeram caminhada até a sede prefeitura .
A categoria protesta contra um decreto municipal que reduz em 80% o adicional noturno da Guarda Municipal e também contra o descumprimento de acordos feitos entre o sindicato e a Prefeitura entre os meses de fevereiro e março deste ano, segundo afirma o presidente interino do Sinsenat Roberto Linhares. Após o ato público na praça, os servidores municipais seguiram em caminhada até a Prefeitura. Hoje, uma nova paralisação está prevista seguindo o mesmo itinerário de ontem, com concentração às 8h na praça Almirante Tamandaré.
 Dentro dos termos acordados com o executivo municipal que não vem sendo cumpridos, a secretaria geral do Sinsesat, Michelle Oliveira, aponta a paridade do auxilio alimentação e das gratificações, já que alguns servidores recebem mais do que outros, e também o descumprimento do artigo 15 da lei municipal 118/10, que dispõe sobre a criação de carreiras com matriz salarial própria. Segundo as lideranças sindicais, a criação das carreiras implicaria na valorização real do servidor e o cumprimento do Plano de Cargos, Carreiras e Salários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: