Guarda Civil Municipal de São sebastião, quer preparar o mercado de trabalho aos jovens aprendizes recém formados pela Guarda Mirim Municipal

 Mais de 40 representantes do comércio sebastianense participaram da palestra “Contratação do Jovem Aprendiz”, ministrada  por auditores do Ministério do Trabalho no Espaço Batuíra, no São Francisco, região central da cidade.

A organização do evento foi da GCM (Guarda Civil Municipal) com o objetivo de preparar o mercado de trabalho aos jovens aprendizes recém formados pelo grupo. 

Para a comandante da Guarda Mirim Municipal, Viviane Cristina de Paiva, o principal objetivo do encontro foi mostrar aos empresários locais a Lei do Jovem Aprendiz e as vantagens que os empregadores podem ter na contratação desta mão de obra.


“Diversas entidades estiveram presentes, entre elas, representantes do Banco do Brasil, que ficaram de nos procurar e já sinalizaram algumas contratações dos nossos aprendizes a partir de setembro”, contou Viviane.

Ela também destacou que outras novidades surgiram. “Fizemos novos contatos, como com a própria associação comercial que, através do seu presidente, Eduardo Cimino, afirmou em público que irá contratar dois jovens aprendizes, um para o período da manhã e outro para à tarde”, informou a comandante.

Para Cimino, a partir desta palestra, o comércio local não precisará ter receios de contratar um jovem aprendiz. “Uma pesquisa do Ministério do Trabalho já nos indicou que existem ao menos 120 empresas na cidade que tem a obrigação de ter dentro do seu quadro de funcionários, o mínimo de 5% de jovens aprendizes e o máximo de 15%. Isto tudo está previsto dentro da Lei do Jovem Aprendiz que nos foi apresentada”, avaliou o presidente.

Para o auditor fiscal do Trabalho, do Ministério do Trabalho, Paulo Rogério Moreira de Oliveira, e palestrante da tarde, o principal objetivo do evento foi mostrar os aspectos legais da aprendizagem profissional. “Não podemos começar isto tudo de maneira errada, sem conhecermos a lei de forma correta”, destacou o palestrante.

Outro foco da conversa, de acordo com Moreira, foi revelar às entidades presentes as vantagens de se empregar um jovem aprendiz. “A primeira vantagem na contratação desta mão de obra é a possibilidade de se ter um futuro empregador já capacitado dentro da própria empresa”, frisou.

Duas outras vantagens são voltadas a benefícios legais. “A segunda vantagem é a redução do FGTS que cai de 8% para 2%. A terceira é a vinculação do trabalho deste aprendiz ao salário mínimo e não a base da categoria”, observou o palestrante.

Serviuço: Empresas interessadas em contratar um jovem aprendiz devem entrar em contato com a Guarda Mirim pelos telefones (12) 3862-6865 ou (12) 3862-6713.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: