Servidor da prefeitura é detido acusado de furtar material na zona rural de Guaratinguetá.


O chefe da frente de trabalho do Departamento de Obras da Prefeitura de Aparecida foi detido nesta sexta-feira (6), acusado de furto. Ele foi flagrado retirando material de uma obra pública e levando até o sítio particular dele.

A denúncia de que um homem teria furtado pedras de uma obra da prefeitura, no bairro Santa Rita chegou até outro funcionário da administração municipal que foi até a delegacia nesta tarde. O próprio servidor decidiu acionar a Guarda Municipal, que seguiu o carro.

O motorista parou no sítio "Recanto do Rocha", no bairro das Pedrinhas, zona rural de Guaratinguetá. Quando ele desceu do carro, foi identificado. Ele disse aos guardas que tinha autorização de um encarregado para levar as pedras para o local.

Os guardas pediram que ele os acompanhasse até a delegacia de Aparecida. Quando chegaram lá, encontraram várias pessoas das prefeitura. Começaram a conversar no pátio, aguardando a chegada do encarregado, que confirmaria a história.

Quando soube que o encarregado estava indo para a delegacia, e que seria desmentido, o funcionário fugiu em um carro não identificado. Como tinha uma movimentação grande no pátio, ninguém viu quando o ele fugiu. O encarregado disse que não autorizou o transporte das pedras, feito no carro particular do servidor.

A ocorrência foi registrada como furto. O servidor, que deve ser processado pela prefeitura, fugiu do flagrante. Segundo a Polícia Civil, como o servidor é réu primário e tem residência fixa, deve responder ao processo em liberdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: