Uma Grande perda para GM de Curitiba e Familía.

É com muito pesar que informo que no dia de ontem, 29/07/2012, foi encontrado o corpo do Guarda Municipal de Curitiba Rogerio Moro Conche, que trabalhava na regional matriz, segundo informações seu corpo foi encontrado próximo a um rio ainda não sei ao certo o bairro, ele estava com sinais de agressão e com um grande corte na cabeça, provavelmente ferido por machado ou facão, seu corpo foi reconhecido no IML pela supervisora GM Luciane, ainda não se tem melhores dados.
Eu GM Reginaldo Diniz autor do blog o conhecia muito bem, trabalhamos juntos em viatura e em rondas, como profissional ele sempre teve um comportamento exemplar, um bom Guarda companheiro e amigo, que tinha muito orgulho de ser Guarda municipal, sempre muito alegre e ótimo profissional, o que aconteceu não se sabe ao certo, mas ele estava ausente do trabalho á alguns dias e foi visto pela ultima vez com vida no dia 28/07 pelo GM De Carvalho, um dia antes de encontrarem seu corpo, ainda não foram apurados os fatos, mas perdemos um bom Guarda e um grande Amigo, ele nasceu em 03 de junho de 1969 e nos deixou em 29 de julho de 2012.
 
Vamos sentir saudades do seu sorriso amigo, Deus sabe o que faz, descanse em Paz.


Dia 31/07/2012 Novas informações:
 O corpo foi encontrado em um valetão, na Rua Bley Zornig, Boqueirão, na manhã de domingo (29)O delegado Cristiano Quintas, da Delegacia de Homicídios (DH), Rogério foi morto com várias facadas na cabeça, provavelmente perto da ciclovia, e levado até o valetão. “Temos informações importantes com relação a autoria do crime. Sabemos que a vítima estava de licença do trabalho para tratamento psicossocial”, contou o delegado.

5 comentários:

  1. Como profissional sempre cumpriu o seu papel, sempre foi brincalhão, tirador de sarro, um bom companheiro, fora de serviço eu não tinha contato com o mesmo mas em serviço era meu amigo e um Guarda que tinha orgulho de ser Guarda Municipal de Curitiba.

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado pelo carinho ao meu irmão. Convivi 34 anos com ele, e melhor que ninguem posso dizer Filho, Irmao, Pai, Companheiro, Colega, Heroi e muito mais adjetivos, unico erro dele foi ter errado.
    Teve ao meu lado em todos os momentos que realmente precisei, e pode ter certeza que com sua familia nao foi nada diferente de como era com seus colegas de trabalho.
    Mano sentiremos muito sua falta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. meus sentimentos, o Guarda Moro já foi meu companheiro de trabalho, um exelente Guarda, como dizem em nosso ramo um Guarda Operacional, que chegava junto e que fazia seu trabalho com muita competência, e sempre alegre e brincalhão.

      Excluir
  3. Existem rumores de que a polícia civil já sabe quem foi o autor deste crime, A justiça tarda mas não falha.

    ResponderExcluir
  4. Soube a pouco e não tô acreditando! Conhecia ele há 15 anos...deixo minhas lágrimas.

    ResponderExcluir

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: