Vereadores aprovam canil da Guarda Municipal de Paulínia

Cães são peças-chave na localização de entorpecente ou material ilegalVereadores de Paulínia aprovaram por unanimidade o projeto de lei que regulamenta a utilização do canil nas operações da Guarda Civil Municipal. O canil é visto como parceiro de inteligência em ações como as de combate ao tráfico de drogas na cidade, além de atuar preventivamente em patrulhamento, preparado para situações de resgate e salvamento.
A lei, elaborada pelo Executivo, prevê o número de até cinco cães no município. Entretanto, o quadro pode receber reforço conforme decisão de uma junta examinadora.
A área onde ficará o canil está em processo de reforma e adaptação.
Segundo a assessoria de imprensa da Guarda Municipal, os patrulheiros contam atualmente com dois animais. Um pastor belga malinois, já em atividade e um labrador, em treinamento.
Um exemplo da eficácia do apoio de cachorros é a cadela Meggie, que foi treinada no canil de Jundiaí e é peça importante nas operações de combate ao tráfico em conjunto com a Policia Civil, que terminaram na prisão de vários traficantes”, disse a assessoria em nota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: