Em Londrina Prefeitura vai ceder áreas públicas para Samu e Guarda Municipal.

A Prefeitura de Londrina suspendeu a concorrência pública que oferecia, por R$ 3,8 milhões, a exploração de três áreas públicas onde funcionavam postos de combustíveis da Petrobras. Um deles deve ser cedido à Secretaria de Defesa Social, outro para a Secretaria de Saúde. O terceiro deve voltar a ser oferecido em um novo edital.
Os postos eram autorizados a fazer uso das áreas com receita para o Município. A concorrência pública foi aberta ainda na gestão anterior, com data de abertura das propostas marcada para 19 de dezembro de 2012. Uma semana antes, no entanto, a licitação foi suspensa para realização de adequações no edital.
No dia 1º de março, um novo comunicado de suspensão foi publicado. “A Secretaria de Saúde solicitou um dos pontos e a Guarda Municipal o outro. Então, o prefeito está estudando para ceder essas áreas”, conta o secretário de Gestão Pública, Rogério Carlos Dias.
O ponto pleiteado pela Saúde fica próximo ao Terminal Rodoviário e deve ser ocupado pelo Samu. A Secretaria de Defesa também se interessou pelo mesmo espaço, mas acabou se candidatando ao ponto próximo ao 4º Distrito Policial.
“Hoje, a Secretaria de Defesa está em um espaço improvisado na Prefeitura. Nós pedimos esse espaço porque precisamos de um espaço para a sede da Guarda”, explica o secretário de Defesa Social, coronel Rubens Guimarães de Souza. Segundo ele, outros prédios também estão sendo analisados para abrigar a parte administrativa e operacional da Guarda Municipal.
O terceiro posto, que deve ser licitado numa nova concorrência, fica na avenida Winston Churchill, próximo ao Estádio do Café.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: