GM de Indaiatuba aplica o curso de curso de “Operações Especiais”

Atividades simulam tipos variados de ocorrências policiais
Ao comando do instrutor Márcio Fabiano Gomes da Silva, um grupo de guardas se prepara, com armas em punho, para invadir um galpão onde podem estar escondidos criminosos. O ambiente é hostil. Há pouca iluminação e os corredores são estreitos. Essa poderia ser uma situação real no cotidiano de um Guarda Municipal, mas é apenas uma simulação em um dos vários módulos de treinamento do curso de “Operações Especiais”, oferecido pela Secretaria de Defesa e Cidadania de Indaiatuba a cinco membros da Guarda Municipal de Capivari, desde janeiro. 
 

O treinamento, que contou ainda com outros 15 guardas da GM de Indaiatuba, totalizando 19 alunos, se encerrou nesta quinta-feira, 21. Ao todo, durante 45 dias, os participantes foram orientados por três instrutores da Guarda Municipal indaiatubana em atividades teóricas e práticas.


“Nosso objetivo é preparar os guardas psicológica, física, técnica e taticamente para que eles possam enfrentar as mais variadas situações que ocorrem no dia a dia”, explica o instrutor Adeildo Ribeiro de França. Para isso, conta ele, os participantes tiveram aulas que vão desde sobrevivência policial (em áreas urbanas e confinadas), patrulhamento tático, operações de resgate (em sequestros, mata ou água) a direito penal e processual, direitos humanos, legislação de trânsito e preservação de local do crime. 


“Não é função dos Guardas atenderem determinados tipos de ocorrências, mas é preciso que eles tenham esse conhecimento, pois Direta ou indiretamente, eles geralmente estão na linha de frente e se envolvem em ocorrências que precisam das forças táticas.
 Então, em situações como essas, é necessário que os Guardas saibam como proceder e não cometam erros”, afirma França. 


As atividades foram realizadas em três áreas de treinamento da Guarda Municipal de Indaiatuba. No caso das simulações, as armas utilizadas não são verdadeiras. “O treinamento e os ambientes são muito realistas. Tentamos levar o Guarda ao mais próximo possível da realidade que ele irá enfrentar nas ruas”, diz o instrutor. 


Essa é a primeira vez que a GM de Indaiatuba aplica o curso de “Operações Especiais”. Ainda neste ano, os 19 participantes que concluiram o treinamento quinta-feira (ontem) irão participar de uma fase de especialização, com duração de mais 45 dias.
Após a conclusão da segunda etapa do curso, todos os Guardas estarão aptos para aplicar o mesmo tipo de treinamento. 


Na segunda-feira, 25, uma nova turma alunos, incluindo outro grupo de Guardas de Capivari, iniciará o curso de “Operações Especiais”, que é oferecido sem custos para o município.
Divulgação:http://guardamunicipalcuritiba.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: