Guarda Civil Municipal de Sorocaba fecha casa de prostituição em Sorocaba, SP





Adolescente de 15 anos é suspeita de alugar o imóvel.

No local foram encontradas drogas, dinheiro e bebidas alcoólicas.

Uma casa de prostituição foi fechada em Sorocaba (SP), no bairro Santa Marina. De acordo com a Guarda Civil Municipal, sete pessoas foram detidas no local, sendo duas menores de idade. A GCM também informou que um rapaz que estava na frente da residência entrou correndo para avisar ao ver a viatura.


Ainda segundo a GCM, a casa foi localizada depois de uma denúncia anônima. No local, os guardas encontraram muito lixo e roupas espalhadas pelo chão. Três mulheres, duas delas adolescentes, de 14 e 15 anos, e quatro homens foram detidos no local. Conforme informações da GCM, eles estavam vestindo apenas roupas íntimas.
Os Guardas encontraram microtubos de cocaína, maconha, dinheiro e bebidas alcoólicas no imóvel. Os guardas que atenderam a ocorrência informaram que imagens de prostituição infantil eram reproduzidas na televisão.
odos os envolvidos foram conduzidos para a delegacia. Além das drogas, a GCM apreendeu celulares e dinheiro. A suspeita é de que o local também funcionava como ponto de venda de drogas. Os jovens confessaram aos soldados que fariam programas com as meninas, e pagariam entre R$ 20 e R$ 40.
Os quatro homens que estavam na casa foram presos e levados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba. Um deles vai responder por tráfico de drogas. Os outros três ficaram detidos pelo crime de exploração sexual de menores e infração do Estatuto da Criança e Adolescente.
Os pais das menores foram chamados e elas foram liberadas na presença dos responsáveis. A outra jovem também foi liberada. A GCM constatou que a casa era alugada por uma adolescente, de 15 anos, que pagava R$ 400 por mês. A Polícia Civil vai investigar a responsabilidade da locatária.
odos os envolvidos foram conduzidos para a delegacia. Além das drogas, a GCM apreendeu celulares e dinheiro. A suspeita é de que o local também funcionava como ponto de venda de drogas. Os jovens confessaram aos soldados que fariam programas com as meninas, e pagariam entre R$ 20 e R$ 40.
Os quatro homens que estavam na casa foram presos e levados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba. Um deles vai responder por tráfico de drogas. Os outros três ficaram detidos pelo crime de exploração sexual de menores e infração do Estatuto da Criança e Adolescente.
Os pais das menores foram chamados e elas foram liberadas na presença dos responsáveis. A outra jovem também foi liberada. A GCM constatou que a casa era alugada por uma adolescente, de 15 anos, que pagava R$ 400 por mês. A Polícia Civil vai investigar a responsabilidade da locatária.
FONTE:G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: