Médica é esperada na Câmara de Ferraz para depoimento nesta terça.

A médica Thauane Nunes Ferreira deve prestar depoimento à Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Câmara de Ferraz de Vasconcelos a partir das 9h desta terça-feira (26).  Ela foi detida em flagrante pela Guarda Municipal, registrando a presença de colegas no Samu do município usando dedos de silicone.

Sete médicos, entre eles o coordenador Jorge Cury, já foram afastados.

De acordo com o presidente da CEI, o vereador Roberto Antunes de Souza, Thauane foi notificada sobre o depoimento na Câmara, na sexta-feira (22). "Um funcionário levou a intimimação no prédio onde ela mora. A médica não foi localizada. Neste caso, o documento foi deixado com um porteiro", explica o vereador.

Ainda de acordo com ele, o interrogatório de Thauane é imprescindível para que outros fatores sejam esclarecidos. "Ela deve nos contar como o esquema foi montado. Além disso, nós já temos provas periciais sobre os dedos de silicone. Uma coisa é certa: quem armou esse esquema e confeccionou os dedos de silicone não estava brincando não", detalha o vereador

Entenda o caso
Em 10 de março, a Guarda Municipal gravou imagens do momento em que a médica Thauane fraudava o sistema. 

Com a médica, foram apreendidos seis dedos de silicone e comprovantes impressos pelo equipamento que controla o horário dos funcionários. Ela chegou a ser detida por falsificação de documento público, mas foi solta porque a Justiça concedeu um habeas corpus. Em depoimento ao Ministério Público, Thauane contou como era o esquema e apontou que ele seria chefiado pelo então coordenador do Samu, Jorge Cury.

O secretário municipal de Segurança, Carlos César Alves, disse que os médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) tinham que repassar o valor ganho pelos plantões não trabalhados ao coordenador da unidade, Jorge Cury. 

A vantagem dos profissionais seria a flexibilização da agenda para poder trabalhar em outros locais. “Cada médico que participava do esquema pagava R$ 1,2 mil por turno de 24 horas aos fins de semana para o Jorge Cury”. Alves ainda afirmou que o pagamento era feito por transferência bancária.
Divulgação:http://guardamunicipalcuritiba.blogspot.com.br/ 
fonte:http://g1.globo.com/sp/mogi-das-cruzes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: