Guardas Municipais cruzam os braços em protesto em Belo Horizonte


A manifestação teve início por volta de 8h, com reunião dos profissionais em frente a sede da corporação, na avenida dos Andradas, no centro da capital mineira.

Parte da Guarda Municipal de Belo Horizonte ficará de braços cruzados nesta segunda-feira (22). A medida é uma forma de protesto da corporação, que reclama de insegurança no trabalho e pede autorização para portar armas, além da valorização da classe.
De acordo com o presidente do sindicato da categoria, Pedro Ivo Bueno, constantemente viaturas da guarda são atingidas por tiros durante patrulhamento em aglomerados da capital e nada é feito. Mesmo com a paralisação, Bueno esclareceu que postos de saúde e unidades de pronto-atendimento não serão afetadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: