vereadores adiam votação de projeto que permite uso de arma de fogo pela Guarda Municipal de Campo Grande


A votação da proposta de emenda à Lei Orgânica que visa liberar o porte de arma para guardas municipais de Campo Grande foi adiada após causar polêmica na Câmara Municipal. Proposta feita pelo vereador Alceu Bueno (PSL), a medida perdeu apoio no Legislativo, de 23 para 19 parlamentares, e corria o risco de não ser aprovada.

“Hoje temos só 19 assinaturas e precisamos, no mínimo de 20 para passar pelo crivo do Legislativo. Vocês têm que entender que se fosse reprovada hoje, só ano que vem para tentar de novo”, justificou Alceu.

De acordo com Alceu, veio uma orientação de que os vereadores que compõem a base aliada ao prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), irão votar contra o projeto de armamento por orientação do próprio chefe do Executivo. O parlamentar Gilmar da Cruz (PRB), aliado ao progressista, porém, garantiu que votará a favor da aprovação.

“Ele disse isso, mas não assinou nada. Não estávamos contando com ele porque o Gilmar não nos passou segurança”, alegou Bueno.
O líder do prefeito na Casa de Leis, vereador Alex do PT, garantiu que não há ordem do prefeito para bancada votar contra o projeto, mas que é preciso discutir mais o assunto, ter mais critérios no projeto para daí quem sabe uma possível aprovação.

“A base é a favor de um projeto que recupere e dê condições à Guarda, medida que não foi tomada nos últimos oito anos, desde quando foi criada. Cidades com população acima de 500 mil habitantes têm a liberação para armar a Guarda, mas precisamos discutir”, disse.
Alex questionou, por exemplo, se há orçamento para armar os guardas municipais, qual tipo de armamento seria utilizado e quais locais da capital precisam de armas de fogo para garantir segurança.

“Isso demanda debate aprofundado. Se aprovarmos sem critérios e alguém chegar a morrer injustamente, o prefeito é quem vai ser responsabilizado”, finalizou o líder do prefeito.

A iniciativa é de autoria dos vereadores Alceu Bueno, Mario César, Eng. Edson, Paulo Siufi, Coringa, Carla Stephanini, Carlão, Herculano Borges, Edil Albuquerque, Zeca do PT, Professora Rose, Cazuza, Airton Saraiva, Otávio Trad, Gilmar da Cruz, Professor João Rocha, Flávio César, Elizeu Dionízio, Chiquinho Telles, Vanderlei Cabeludo, Waldecy Chocolate, Delei Pinheiro e Grazielle Machado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: