Edital de concurso da Guarda Municipal é modificado após apontamento do Observatório em Londrina

O Observatório de Gestão Pública identificou problemas e sugeriu modificações no edital para contratação de 383 avaliações psicológicas da quarta etapa do concurso público para contratação de 200 guardas municipais em Londrina. A prefeitura acatou os apontamentos e deve lançar o novo texto nesta sexta-feira (24).

O presidente do Observatório, Waldomiro Grade, informou que o edital limitava a concorrência. "São poucas objeções que nós fizemos. Uma delas e que eu acho realmente importante é que estabelece uma clínica que tenha 16 psicólogos à disposição, o que é um exagero e impossibilita praticamente que alguém de Londrina possa concorrer", disse.

Na manhã desta sexta-feira, o secretário municipal de Defesa Social, coronel Rubens Guimarães, declarou que as alterações já foram feitas no edital pelo setor de Gestão Pública. O processo está avaliado em R$ 37.664,22 e a abertura das propostas estava marcada para o último dia 20, porém a suspensão ocorreu no dia 17.

Guimarães não soube precisar quando serão realizadas as avaliações psicológicas, mas prevê celeridade na quinta e última etapa antes da contratação. "Vamos ter a fase do exame médico. Como funciona, segundo a Diretoria de Gestão de Pessoas (DGP)? Os candidatos vão apresentar os exames que foram solicitados por ocasião do edital.

A DGP vão montar uma junta com os médicos da Secretaria Municipal de Saúde que vão definir quem está apto", explicou.
Os 200 candidatos melhores classificados passarão por um treinamento de quatro meses.

http://londrina.odiario.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: