Guarda Municipal é atropelado por taxista infrator


Um taxista, velho conhecido da Guarda Municipal de Ananindeua, resolveu dar trabalho para os guardas de plantão. Hudson Ferreira, 34 anos, optou por realizar, clandestinamente, suas corridas dentro do município de Ananindeua. Ocorre que, de acordo com lei municipal, somente veículos autorizados podem efetuar este tipo de trabalho, o que não era o caso do táxi de Hudson, que só poderia realizar suas corridas em Marituba. 

Mas isso não fez com que o taxista deixasse de trabalhar tranquilamente pela área proibida. Foi quando a Guarda Municipal resolveu entrar em ação. Ao tentar ser coibido, o detido não pensou duas vezes e avançou para cima da viatura, conseguindo danificar a frente do veículo da guarda, além de ter atropelado, não gravemente, um guarda durante a fuga. 

Tiveram que pedir reforço para que, então, conseguissem parar o taxista, que foi preso e autuado em flagrante. Segundo o guarda municipal Braga, que participou da ação, esta já é a terceira vez que Hudson Ferreira é pego agindo de forma clandestina dentro de Ananindeua. O detido só será liberado após o pagamento de uma fiança no valor de um salário mínimo.

(Diário do Pará)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: