Guarda Municipal estuda receber chamados por mensagens de celular

Uma nova ferramenta para comunicar ocorrências deve ser integrada ao sistema da Guarda Municipal de Curitiba no próximo semestre: o envio de mensagens de texto por meio de celulares. O mecanismo, que vem sendo estudado desde janeiro, tem previsão para começar a operar em agosto e pretende aumentar o número de chamados atendidos diariamente pela guarda, além de fornecer mais proteção aos cidadãos, explicou nesta terça-feira (28) o inspetor da guarda Claudio Frederico de Carvalho 
.
Segundo Carvalho, a nova ferramenta vai permitir que pessoas que estejam presenciando algum tipo de crime comuniquem a guarda municipal rapidamente, sem precisar se expor. “A tecnologia tem de ser usada a favor dessas situações. Um destaque são as situações entre passageiros, nos ônibus, nos terminais. Nesses casos, a pessoa pode nos informar sem que o criminoso perceba que ela está usando o telefone, sem despertar desconfiança”, disse o inspetor.

Neste momento, o novo canal de comunicação passa por estudos técnicos, que vão dizer se a implantação pode ser imediata, com o uso dos próprios equipamentos da guarda, ou se haverá necessidade de recorrer a processos licitatórios para a aquisição de novos equipamentos. 

A princípio, o envio das mensagens deve ter o custo normal, que é fixado de acordo com cada operadora de telefonia. No entanto, antes que o novo sistema de informação passe a valer, o órgão pretende estudar propostas da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) que poderiam anular estes custos.

De acordo com o inspetor, para assumir a nova demanda, o efetivo da guarda municipal responsável pelo recebimento dos chamados, que hoje chega a 28 homens, será otimizado, o que descarta a necessidade de novas contratações.
http://www.jornaldelondrina.com.br/brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: