PADRONIZAÇÃO DO BRASÃO DAS GUARDAS CIVIS MUNICIPAIS.

Existem muitos pontos que são de interesse comum para a padronização das Guardas, por exemplo: a cor da farda, o brasão das corporações, a forma procedimental etc.

A cor azul, como é sabido, é a cor internacional das Polícias, o brasão é livre, bastando para tanto copiar, modificar ou criar algum. No tocante ao procedimento, basta seguir a lei e criar protocolos de comum acordo, onde desde a abordagem ao cidadão infrator de trânsito até a confecção de Boletins complexos siga-se um norte comum.

A discussão sobre o tema é longa, mas a intenção com estas palavras é fazer a proposta de adesão do brasão em anexo por todas as corporações das Guardas Civis Municipais.

Na região Metropolitana de Campinas muitas Guardas já aderiram, bem como outras de diversas cidades de outros Estados. O brasão traz as palavras: “Protetor e Amigo” e denomina os integrantes das Guardas como Patrulheiros.

Este brasão foi criado pelo Dr. Zair Sturaro, que foi um militar reformado precocemente em razão de um acidente com explosivos, que retirou lhe uma das mãos, mas não o seu desejo de lutar por um país mais justo.

O Dr. Zair Sturaro engajou nas causas das Guardas e junto com um juiz de Direito produziu o primeiro livro doutrinário para Guardas Civis Municipais. Morreu no ano de 2008, em razão de câncer. Era na ocasião Secretário de Segurança, Trânsito e Defesa. Por favor, comentem este post, vamos reunir forças e a cada dia mais melhorar nossas condições de trabalho a fim de ganho de credibilidade e para sermos mais eficientes.


Matéria e Fonte: GCM DE SANTA FÉ DO SUL-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: