Concursados iniciam ambientação para Guarda Municipal nesta segunda-feira em Londrina

Aprovados em concurso para a Guarda Municipal de Londrina iniciaram nesta segunda-feira (19) seus trabalhos. Eles passarão a semana no Tiro de Guerra, onde serão ambientados e, na sexta-feira (23), haverá a aula inaugural do curso de formação na Faculdade Pitágoras.


O secretário municipal de Defesa Social, coronel Rubens Guimarães, informou que o curso começa oficialmente no dia 26 de agosto e vai até 20 de dezembro. "Terão matérias relativas à formação de direitos humanos, comportamento, disciplina, regimento interno, uniforme. Não é uma coisa militar, mas têm algumas regras a serem obedecidas porque não tem como uma pessoa fardada se comportar de forma diferente", disse.
Foram convocados 200 profissionais, mas nove apresentaram problemas nos exames médicos e tentam resolver as pendências. As aulas do curso de formação serão ministradas por guardas que já estão na corporação e servidores da Secretaria Municipal de Gestão Pública.

No início deste ano, o prefeito Alexandre Kireeff retirou os guardas da segurança das ruas e os repassou para o zelo dos prédios públicos, onde atuavam seguranças terceirizados. O gesto foi recebido com protesto pelos integrantes da corporação, mas deve continuar mesmo após a entrada dos novos 200 GMs.
"A função dos guardas é cuidar dos prédios públicos do município e eles têm como função subsidiária apoiar as ações de segurança", explicou Guimarães, lembrando o que está descrito no estatuto da corporação. Ele ressaltou que a entrada dos novos profissionais vai propiciar a segurança em áreas públicas, como praças e os lagos Igapó.

Curso de tiro
Os guardas municipais, tanto os que já atuam na corporação quanto os novos convocados, ainda passarão pelo curso de tiro. A primeira turma não recebeu o conteúdo pela contratada à época, a empresa Delmondes & Dias, denunciada pelo Ministério Público juntamente com o ex-prefeito Barbosa Neto por improbidade administrativa.

O secretário municipal de Defesa Social explicou que aguarda um parecer da Procuradoria Jurídica do Município para firmar um termo de cooperação com a Secretaria de Estado de Segurança Pública e iniciar as aulas, com a ajuda da Polícia Civil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: