Municipalização da Seguranca Publica


Atenção todos, todos que vão fazer o concurso devem ouvir o áudio do vídeo ate o fim. Vcs tem o dever de ouvir e conhecer qual é a nossa colocação na Segurança Pública.
O superintende da Guarda Municipal de Pinhais, José Arildo de Oliveira, defendeu no Banda B Rádio Debate deste Ultimo domingo (23) a municipalização da Segurança Pública. Hoje a responsabilidade de garantir a segurança é estadual, através da Polícia Militar.

 Em programa mediado pelo jornalista Adilson Arantes, Arildo afirmou que é mais fácil para a cidade coordenar a ações policiais do que, muitas vezes, para o Estado.

“Hoje já existem várias brigas a nível federal nesse sentido. Podemos pegar como exemplo uma cidade pequena, que hoje pode bancar 30, 40 agentes, e a gente vê que o estado não pode fornecer o mesmo efetivo com a Polícia Militar, por exemplo. Eu acho que essa ação faria a polícia ganhar muito”, disse.

Segundo o superintendente, hoje a Guarda enfrenta muitas dificuldades burocráticas e a municipalização seria sim uma solução a ser estudada. “Temos problemas desde a formação dos nossos guardas, mas veja a questão do porte de armas. Nossos agentes trabalham o dia inteiro combatendo o crime e chega a noite, precisam entregar a arma, isso é um absurdo”, explicou.

O Rádio Debate deste domingo ainda discutiu vários outros assuntos relacionados à Guarda Municipal, como o papel de polícia comunitária e a relação com as polícias Civil e Militar. (O programa completo você confere nos players acima) Participaram ainda do debate: o diretor da Guarda Municipal de Curitiba, Claudio Frederico de Carvalho e o diretor da Guarda de São José dos Pinhais, Samarone Bueno.
 http://www.bandab.com.br/jornalismo/superintende-guarda-rmc-defende-municipalizacao-seguranca-cidade-facil/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: