Viaturas da GM Curitiba recebem uma plotagem diferente.


4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Companheiro vou lhe ser bem sincero, vamos largar mão de nos preocupar com as coisas que achamos erradas na GMC, pois a grande maioria já esta possuída pelo espirito da covardia, não movem uma palha em favor de si próprio. Eles estão esperando que aconteça um milagre divino e os faça voltarem todos p suas origens, acabei de crer que eles não se importam nenhum pouco, tanto faz a aguá correr p baixo ou p cima, oque esperar de uma classe que se senta sobre seu orgulho e fica esperando que o tempo os castigue??? 60% só pensa em se aposentar, 30% ficaria muito satisfeito se voltassem p os postos fechados p poder ter tempo p estudar e fazer outro concurso, e 10% que nos inclui sonha, tem esperança, e torce p que a guarda municipal de curitiba tenha realmente o valor merecido aos olhos da administração, p que seja vista pela população como uma instituição de respeito!!!

    ResponderExcluir
  4. Estamos ficando p traz em relação a muitas guardas no que diz respeito ao trabalho, no geral nos gms de curitiba sabemos o quanto trabalhamos, mas a população quase não tem conhecimento do quanto fazemos no dia a dia, não consigo entender uma instituição em que os seus se esforçam tanto e ela simplesmente fica parada no tempo achando que aquilo que foi adquirido a vinte anos atras servira para o mundo atual. Vou voltar ao comentário de ontem, nossas viaturas, nossos uniforme, nossas armas,e tantas outras coisas que já não condizem com o trabalho que a gmc presta hoje a população. Coisas não tão difíceis de se conseguir, as viaturas são locadas, presumo el que quem tem que escolher o modelo é quem esta pagando e não quem esta prestando o serviço, as armas... se a prefeitura não quer ou jura que não tem verba p compre é muito simples, vai a um fabricante e o convença da vantagem de vender 1600 armas para os gms de curitiba com um preço mais baixo e que a prefeitura faça também a consignação dessas armas p os gms, é muito simples. Ai temos também a questão dos uniformes, o nosso uniforme é bom, é bonito, mas não é operacional, como que um gm vai atuar na rua em uma situação de vias de fato, troca de tiro, retirada de invasão, ou qualquer outro tipo de confronto com um uniforme social e um quepe na cabeça, vão ter gastos? vão sim, mas quando se e preciso fazer tem que se fazer!!! Dinheiro vai ter de sobra quando a GMC. bater o pé e dar um basta nesse negocio de ser departamento da smds, isso já não nos é favoravel. Tenham todos um bom dia

    ResponderExcluir

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: