Guardas municipais passam por treinamento de Segurança a Dignitários.

A escolta de autoridades (conhecida tecnicamente como Segurança a Dignitários) foi o tema de uma das aulas práticas desta quinta-feira (07), no estágio de qualificação profissional Bom Retorno, que teve início na semana passada e do qual participam cerca de cem guardas municipais de Curitiba. 

O curso é realizado em duas fases, teórica e prática, com carga horária de 80 horas, e cumpre o Decreto federal 5.123, que determina a atualização do efetivo. “Desde o início do ano passado, 100% da corporação já passou pelas aulas e alguns servidores estão no segundo ciclo das atualizações”, disse o diretor da Guarda Municipal de Curitiba, inspetor Cláudio Frederico de Carvalho.


Ele explicou que os temas e disciplinas evoluem e variam de acordo com a realidade do trabalho da Guarda nas ruas da cidade. “Incluímos no curso, por exemplo, o treinamento para atuação na Patrulha Maria da Penha, após a criação dela”, disse.
Em 2013, a Guarda Municipal atendeu aproximadamente 25 mil ocorrências, a maioria absoluta com êxito. “Isso demonstra o bom preparo da equipe”, disse. “A melhor maneira de manter o profissional preparado para o seu serviço diário é com a atualização permanente”.


Há 22 anos na corporação, o guarda municipal Francisco Santos está aproveitando o curso de atualização. “Além de adquirir novos conhecimentos, é uma oportunidade de reencontrar os colegas que atuam em outras regiões da cidade e trocar experiências com eles”, disse. “Funciona como um intercâmbio de informações e vivências entre nós”.


O principal objetivo da disciplina é aprender a proteger e fazer escolta de autoridades e personalidades em locais público. “Em aulas práticas e teóricas, eles aprendem quais são as diversas formações possíveis para isso, o que depende do tipo de ambiente e da ocasião”, disse o instrutor do curso de Segurança a Dignitários, Carlos Celso dos Santos Jr., que atua como chefe de núcleo da Guarda Municipal da regional da CIC.


Outras disciplinas que fazem parte das 80 horas do curso são Primeiros Socorros, Combate à Incêndio, Direitos Humanos e Constituição, Abuso de Autoridade e Direito, Estatuto do Desarmamento, Técnica de Tiro, Técnicas Policiais, Política Sobre Drogas, Isolamento de Local de Crime e Polícia Comunitária.


Ainda fazem parte do currículo Gerenciamento de Crise, Avaliação Física, Policiamento em Estádios de Futebol, Estudo de Caso, Patrulha Maria da Penha, e treinamentos específicos com a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Polícia Federal e Secretaria Especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência, além de outros assuntos.


As aulas acontecem em parceria entre a Guarda Municipal, a Secretaria Municipal da Defesa Social, o Instituto Municipal de Administração Pública (Imap) e a Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude (Smelj).
Fonte: SMCS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: