Concurso da Guarda Municipal de Curitiba/PR pode sofrer novo atraso

O edital do concurso que será realizado pela Guarda Municipal de Curitiba, no Paraná, inicialmente previsto para agosto e postergado para setembro, pode sofrer novo atraso. Acontece que o documento ainda está em fase de elaboração e, segundo informações obtidas junto ao setor de recursos humanos da corporação, o cronograma da seleção ainda não foi fechada com a organizadora, que será a Fundação da Universidade Federal do Paraná para o Desenvolvimento da Ciência, da Tecnologia e da Cultura (Funpar). De qualquer forma, o concurso continua confirmado para este ano.

A oferta será de 400 vagas e para concorrer é necessário possuir ensino médio e carteira de habilitação. O concurso será para candidatos de ambos os sexos. A remuneração inicial é de R$ 2.250, sendo R$ 1.500 de salário básico e 50% de adicional de risco de vida, com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

É possível que a publicação acabe ocorrendo após a votação do projeto de lei 005.00137.2014, que estabelece um novo plano de carreiras para a categoria. A proposta tramita na Câmara Municipal de Curitiba e, desde o último dia 9, está em fase de análise em primeiro turno, no departamento de plenário e processo legislativo.
A seleção vem sendo aguardada desde julho de 2013, quando anunciada pelo prefeito Gustavo Fruet, juntamente com o diretor da guarda, Cláudio Frederico de Carvalho.

Apesar de a oferta inicial ser de 400 vagas, a intenção é de que o número de convocações supere em muito a oferta inicial. Acontece que em 14 de maio foi sancionada a lei ordinária 14.444, que cria 2.582 vagas para o funcionalismo público municipal, para preenchimento por meio de concursos públicos. Destas, 874 são para a Guarda Municipal. Desta forma, as novas oportunidades deverão ser preenchidas por remanescentes deste concurso. A expectativa é de que as 400 vagas iniciais sejam para provimento imediato e as demais para convocações posteriores, no decorrer de 2015.

De acordo com o projeto de lei 005.00137.2014, o processo de seleção para ingresso na carreira contará com seis fases, que incluem provas escritas de conhecimentos, testes de aptidão física, avaliações psicológicas, investigação de conduta para verificação de antecedentes pessoais, exame médico ocupacional e exame toxicológico.

Com a reestruturação, os servidores ingressarão na classe inicial, posteriormente passando para a terceira, segunda e primeira classes. A classe inicial contará com três referências. O salário base, sem adicional de risco de vida, é de R$ 1.575,20 nas três. A terceira classe engloba as referências IV a X, com os seguintes salários:

 IV – R$ 1.802,72; V – R$ 1.838,77; VI – R$ 1.875,55; VII – R$ 1.913,06; VIII – R$ 1.951,32; IX – R$ 2.030,21; e X – R$ 2.233,17.

A segunda classe vai das referências XI a XX, da seguinte forma: XI – R$ 2.233,17; XII – R$ 2.277,83; XIII – R$ 2.323,39; XIV – R$ 2.369,86; XV – R$ 2.417,26; XVI – R$ 2.465,60; XVII – R$ 2.514,92; XVIII – R$ 2.565,21; XIX – R$ 2.616,52; e XX – R$ 2.668,85.

Finalmente, a terceira classe abrange as  referências XXI a XXX, da seguinte forma: XXI – R$ 2.935,73; XXII – R$ 2.994,45; XXIII – R$ 3.054,33; XXIV – R$ 3.115,42; XXV – R$ 3.177,73; XXVI – R$ 3.241,28; XXVII – R$ 3.306,11; XXVIII – R$ 3.372,23; XXIX – R$ 3.439,68; e XXX – R$ 3.508,47.
Fonte:http://blog.euvoupassar.com.br/2014/09/edital-para-guarda-municipal-de-curitibapr-pode-sofrer-novo-atraso/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: