Analise da prova do concurso da Guarda Municipal de Curitiba, veja as questões que cabe recurso, prazo final dia 30/06/2015.



Roberto Kuss é professor da Apostila Sete, parceira do Blog do Guarda Reginaldo Diniz.
Após analise, constatei que cabem recursos nas questões 12, pois no enunciado fala que está entre os rios  iapó e Tibagi, quando na verdade o rio Tibagi não passa nem perto, o que está perto é a cidade de Tibagi, resposta Cânion Guartelá, e na  Questão 30 pois o artigo desta lei não foi mencionado no edital, ou em qualquer outra que você tenha argumentos. 
Entre com recursos clicando Aqui http://www.nc.ufpr.br./

53 comentários:

  1. 21
    Antes de tudo, quero parabenizar a UFPR, pela qualidade da prova,
    pela cordialidade dos aplicadores e pela organização do concurso.

    Porem venho através deste recurso pedir a anulação da questão de numero 21.

    O
    motivo da anulação se dá pelo claro fato de que nenhuma das respostas
    da questão está correta. Já que o nome da cidade Ucraniana que é o
    principal reduto separatista no conflito no leste da Ucrânia é Donetsk.
    Pode ter ocorrido um erro de digitação, mas também pode ser considerada
    uma das situações em que se muda uma letra ou um numero do enunciado ou
    das alternativas de resposta das questões para confundir o candidato.

    Segue a questão:

    21 - Cidade ucraniana que é o principal reduto dos separatistas no conflito no leste da Ucrânia:
    a) Kiev.
    b) Odessa.
    c) Kharkiv.
    ►d) Donetski.
    e) Poltava.

    A fonte da escrita correta do nome da cidade pode ser conferido no site oficial da cidade:
    http://www.donetsk.ua/
    ou em sites de idoniedade já comprovados como :
    http://g1.globo.com/mundo/noti...
    http://noticias.terra.com.br/m...
    https://pt.wikipedia.org/wiki/...
    http://noticias.terra.com.br/m...
    http://pt.euronews.com/2014/07...

    Ante ao acima exposto venho pedir que a questão seja ANULADA.



    23
    Antes de tudo, quero parabenizar a UFPR, pela qualidade da prova, pela cordialidade dos aplicadores e pela organização do concurso.

    Porem venho através deste recurso pedir a anulação da questão de numero 23, pois, apesar da morte do escritor Ariano Suassuna ser atual, ocorrida em 2014, sua obra Auto da compadecida foi escrita em 1955, sua primeira encenação ocorreu em 1956 e foi adaptada para o cinema pela primeira vez em 1969 com o filme A Compadecida. Posteriormente ocorreu nova encenação em 1974. Foi apresentada em 1999 na Rede Globo de televisão como minissérie: O Auto da Compadecida. Na segunda e mais conhecida adaptação feita para o cinema em 2000 foi chamada de O Auto da Compadecida. Como pode-se confirmar em: https://pt.wikipedia.org/wiki/...

    Ante ao exposto conclui-se que sua última grande divulgação em rede nacional ocorreu há 15 anos, portanto essa questão foge ao conteúdo programático exposto no edital que pede:
    CULTURA GERAL: fatos políticos, econômicos e sociais ocorridos em 2014 e 2015 e divulgados na mídia local e nacional.

    Assim sendo algo ocorrido pela última vez no ano 2000 não pode ser adequado ao que preconiza o edital relativo aos anos de 2014 e 2015. Pede-se então o anulamento da questão.

    ResponderExcluir
  2. 30
    Ilustríssima banca examinadora, a questão 30 objeto deste recurso deve ser anulada pois baseia-se em conteúdo fora do que consta em edital conforme segue:

    - Lei Municipal n° 1656/1958 , Estatuto dos Funcionários Públicos Municipais – Arts.
    207 a 213.

    Portanto, nos artigos 207 a 213, não há nada que se refira a formas válidas de provimento em cargo público.

    Pode-se verificar que o edital foi restritivo aos artigos 207 a 213.

    Sendo o conteúdo cobrado relativo ao art. 10 que não constava no edital conforme segue:

    "Art. 10 Os cargos públicos são providos por:

    I - nomeação

    II - promoção;

    III - transferência;

    IV - reintegração

    V - reversão;

    VI - readmisão";

    exposto isto sabemos que:

    1. O EDITAL É A LEI DO CONCURSO E AS QUESTÕES COBRADAS NÃO PODEM AFASTAR-SE DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO, SOB PENA DE OFENSA AO PRINCÍPIO DE LEGALIDADE, PELA NECESSIDADE DE VINCULAÇÃO AO EDITAL.

    2. CONSTATADA A DIVERGÊNCIA ENTRE O CONTEÚDO DO EDITAL E AS QUESTÕES FORMULADAS, HÁ DE SE ATRIBUIR AO CANDIDATO OS PONTOS DAS MESMAS.

    Ante ao exposto, faz-se necessária a anulação da questão.



    36
    Antes de tudo, quero parabenizar a UFPR, pela qualidade da prova, pela cordialidade dos aplicadores e pela organização do concurso.

    Porem venho através deste recurso pedir a alteração de gabarito relativo a questão de numero 36, mudando a alternativa correta de D para E.

    Pois conforme a letra da lei 13.022/14, art. 7º, I diz: “As guardas municipais não poderão ter efetivo superior a 0,4% da população, em Municípios com até 50.000 habitantes”.

    - Na questão 36, assertiva 2, diz: “As guardas municipais não poderão ter efetivo superior a 0,5% da população, em Municípios com até 50.000 habitantes”.

    Conforme o enunciado da mesma:

    Com base na Lei nº 13.022, de 08/08/2014, considere as seguintes afirmativas:

    1.Municípios limítrofes podem, mediante consórcio público, utilizar, reciprocamente, os serviços da guarda municipal de maneira compartilhada.

    2.As guardas municipais não poderão ter efetivo superior a 0,5% (cinco décimos por cento) da população, em Municípios com até 50.000 (cinquenta mil) habitantes.

    3.As guardas municipais não podem ficar sujeitas a regulamentos disciplinares de natureza militar.

    Assinale a alternativa correta.
    a)Somente a afirmativa 1 é verdadeira.
    b)Somente a afirmativa 2 é verdadeira.
    c)Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras.
    ►d)Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras.
    e)As afirmativa 1, 2 e 3 são verdadeiras

    Apesar da banca ter colocado 0,5 no lugar de 0,4, a questão não deixa de estar correta, pois as guardas não podem ter efetivo acima de 0,4, ou seja, nem 0,41, nem 0,42, nem 0,43, nem 0,44, nem 0,45, nem 0,46, nem 0,47, nem 0,48, nem 0,49, nem 0,5, nem 0,51 e assim por diante infinitamente.

    Ou seja, se NÃO pode ter mais que 0,4%, logo NÃO pode também ter mais que 0,5%. O que torna a assertiva 2 CORRETA.

    Ante ao exposto, pede-se a mudança no gabarito, pois as opções 1,2 e 3 estão corretas, sendo então mais adequada a letra E como alternativa correta, ao invés da letra D, dada como correta pela banca.

    ResponderExcluir
  3. Questao 24 tb, a doença MERS teve seu primeiro caso em Maio/15 e não Março/15, como diz a questao...podem jogar no google. Recurso nela !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara banca examinadora,

      Venho por meio deste texto requerer a anulação da questão em discussão.

      A questão traz a informação de que o primeiro caso de MERS foi em março de 2015 quando na realidade, o primeiro caso foi identificado em 20 de maio de 2015, dois meses depois. Além disso, como maior agravante, este caso se deu APÓS a publicação do edital, este, publicado em 17 de abril de 2015.

      por estes dois motivos, peço que esta questão seja anulada

      Para uma melhor referência, por favor, acesse: http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/surto-de-mers-na-coreia-do-sul-vai-levar-tempo-diz-oms

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. A questão doze (12) não cabe recurso como diz o blog. Qualquer dúvida é só ir na aba MAPAS do GOOGLE e digitar GUARTELA no campo de pesquisas. Poderão analisar que o Cânion Guartela localiza-se nos Campos Gerais e exatamente entre os dois rios citados na questão, estando o Tibagi a sudoeste e o Iapó a nordeste do Cânion. A distância entre os rios é grande sim, mas não tira a veracidade da questão, ainda mais se levarmos em consideração o fato do Cânion ser o sexto maior em extensão, do mundo. Questão CORRETA. Não há o que contestar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sobre a questão 24

      Cara banca examinadora,

      Venho por meio deste texto requerer a anulação da questão em discussão.

      A questão traz a informação de que o primeiro caso de MERS foi em março de 2015 quando na realidade, o primeiro caso foi identificado em 20 de maio de 2015, dois meses depois. Além disso, como maior agravante, este caso se deu APÓS a publicação do edital, este, publicado em 17 de abril de 2015.

      por estes dois motivos, peço que esta questão seja anulada

      Para uma melhor referência, por favor, acesse: http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/surto-de-mers-na-coreia-do-sul-vai-levar-tempo-diz-oms

      Excluir
  7. É direito de todos recorrer mais somente a 21 e a 30 tem fundamentação para ser anulada.

    ResponderExcluir
  8. pessoal estou acompanhando tantas reclamações e questionamentos sobre a prova de conhecimentos,agora o edital está dando mais uma brecha no TAF , teste de barra fixa , onde não é claro se os exercicios são em pronação ou supinação ,ai fica minha pergunta venho treinando em pronação (que é mais dificil) , e se algum outro candidato fizer em supinação( mais facil ) vai valer a mesma coisa ? pois o edital não é claro .
    quer dizer que os candidatos podem escolher se querem executar em pronação ou supinação???

    2 – TESTE DE BARRA FIXA
    Objetivo: Medir de forma indireta a força muscular de membros
    superiores e cintura escapular
    Local: Barra fixa
    Material utilizado: Cronômetro e prancheta.
    Execução: Candidatos do sexo masculino flexionarão simultaneamente
    os cotovelos até o queixo ultrapassar a parte superior da
    barra. Em seguida, estenderão novamente os cotovelos até a
    posição inicial. O movimento será considerado completo após
    a total extenção dos cotovelos. A execução deverá respeitar o
    tempo máximo de 1 minuto. Candidatas do sexo feminino
    realizarão uma contração isométrica (estática) e ao comando
    de “preparar” deverão dependurar-se na barra com pegada
    livre (pronação ou supinação), mantendo os braços
    flexionados e o queixo acima da parte superior da barra,
    podendo receber ajuda para atingir esta posição. Ao comando
    de iniciar, depois de tomada a posição inicial pela candidata, o
    avaliador da prova inicia imediatamente a cronometragem do
    tempo, devendo a candidata permanecer na posição, podendo
    o avaliador avisar o tempo decorrido na execução.

    PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA
    SECRETARIA MUNICIPAL DE RECURSOS HUMANOS
    34
    Padrão mínimo
    necessário:
    Candidatos do sexo masculino deverão executar três
    movimentos completos e em sequência e se do sexo feminino
    deverão manter a posição isométrica por 10 segundos
    ininterruptos. Será permitida apenas uma tentativa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como colocaram somente "barra fixa" creio que vão selecionar na hora o que será mais apropriado, a principio como conversei uma vez com o Guarda Reginaldo em um curso que fiz com ele, é mais apropriado treinar a maneira mais difícil para não chegar na hora e tomar!

      Excluir
  9. Interessante essa colocação quanto ao edital da parte de barra fixa do TAF...realmente, não especifica o tipo de pegada, vale o que está escrito, ficará a critério de cada participante

    ResponderExcluir
  10. O problema será se o aplicador estiver orientado a aplicar somente uma delas.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Sobre a questão 24,cabe recurso ou não,ela diz assim que o primeiro registro foi em março de 2015,mas nos portais de noticias diz que é em maio de 2015, e agora cabe recurso ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pesquisei sobre a doençaMERS e realmente o país registrou seu primeiro caso no dia 20 de maio, o de um homem de negócios que contraiu a doença durante uma viagem ao Oriente Médio, mais de 12 mil pessoas chegaram a ficar em quarentena pelo risco de uma possível infecção.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Dae pessoal vocês vão entrar com recurso nessa duas questões?

      Excluir
    4. Devemos e quando entrarmos , beneficiarem os a todos

      Excluir
    5. Devemos e quando entrarmos , beneficiarem os a todos

      Excluir
    6. Devemos e quando entrarmos , beneficiarem os a todos

      Excluir
    7. Cara banca examinadora,

      Venho por meio deste texto requerer a anulação da questão em discussão.

      A questão traz a informação de que o primeiro caso de MERS foi em março de 2015 quando na realidade, o primeiro caso foi identificado em 20 de maio de 2015, dois meses depois. Além disso, como maior agravante, este caso se deu APÓS a publicação do edital, este, publicado em 17 de abril de 2015.

      por estes dois motivos, peço que esta questão seja anulada

      Para uma melhor referência, por favor, acesse: http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/surto-de-mers-na-coreia-do-sul-vai-levar-tempo-diz-oms

      Excluir
  13. Galera sobre a pegada da barra : é livre. Simples assim. Supinacao ou pronacao . Cada um faz de jeito que melhor se adapta . Ok?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Moça, a escolha é livre somente para mulheres. Como não especifica o tipo de pegada para os homens, em regra, a pegada é em pronação.

      Excluir
    2. que regra? ta onde? no edital que eu li nao ta escrito isto.

      Excluir
    3. Meu deus, pessoal com medo de fazer 3 barras em pronação? Querem entrar na guarda apenas pela estabilidade?
      Teremos 1 minuto para realização das 3 barras, na minha humilde opinião, deveria ser o máximo de barras que aguentarmos, com classificação decrescente.

      Excluir
  14. PRIMEIRO CASO DE "MERS" NA CORÉIA DO SUL DE ACORDO COM OS NOTICIÁRIOS DE GRANDE CIRCULAÇÃO NACIONAL, OCORREU EM ""MAIO DE 2015"" E NÃO EM ""MARÇO DE 2015"" COMO DIZ O ENUNCIADO DA QUESTÃO 24. PORTANTO DÁ PRA RECORRER.

    SEGUE ALGUNS LINKS:

    http://www.noticiasaominuto.com/mundo/413353/sobe-para-33-numero-de-mortes-devido-ao-coronavirus-na-coreia-do-sul


    http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/surto-de-mers-na-coreia-do-sul-vai-levar-tempo-diz-oms


    http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2015/06/numero-de-mortes-pelo-coronavirus-mers-chega-seis-na-coreia-do-sul.html


    http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2015/06/coreia-do-sul-nao-registra-novos-casos-de-contagio-e-mortes-por-mers.html

    ResponderExcluir
  15. Muita gente falando besteira. Teste de barra fixa é em regra com pegada em PRONAÇÃO. Se tivéssemos opção, tal opção seria indicada assim como foi para as mulheres: podendo a candidata escolher entre pronação e supinação. Não fala nada disso para os homens, sendo assim, por regra a pegada é em pronação. Parem de arranjar desculpa pra ficar mais fácil e vão treinar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que regra ??? está escrito aonde ??? irmão só vale oque está no papel...portanto tem margem de questionamento sim...

      Excluir
    2. se nao fala nada como pode ser em regra? que raios de regra é esta? achei que o edital fosse a lei do concurso e nao esta regra aee.

      Excluir
    3. Logo logo vcs terão a opinião do Reginaldo. Aí veremos quem estava certo!

      Excluir
    4. Quer ser GM e não faz 3 barra pronadas. Que vergonha.

      Excluir
    5. Pronto quem tinha dúvida e estava chorando pode conferir agora.

      Excluir
    6. Cara esse TAF e muito facil.quem ja serviu o exercito sabe do que estou falando.

      Excluir
    7. PESSOAL LEVANTEI ESSA QUESTÃO POIS O EDITAL NÃO ESPECIFICA DE FORMA CLARA A PEGADA NA BARRA FIXA , CORRETO ? QUEM LEU O EDITAL SABE DO QUE ESTOU FALANDO, COMO TEVE VARIAS BRECHAS NA PROVA DE CONHECIMENTOS E VÁRIOS COLEGAS ENTRARAM COM RECURSO NAS QUESTÕES QUE NÃO ESTAVAM CLARAS...NA MINHA OPINIÃO PRONAÇÃO OU SUPINAÇÃO TANTO FAZ QUEM TREINOU FAZ QUALQUER TIPO DE BARRA OK.
      BOA SORTE A TODOS!!!

      Excluir
  16. DADO IMPORTANTE COM RELAÇÃO A QUESTÃO 24 CITADA ACIMA.

    O PRIMEIRO CASO DE "MERS" REGISTRADO NA COREIA DO SUL OCORREU EM "20 DE MAIO DE 2015" E NÃO EM MARÇO DE 2015, OU SEJA, APÓS A PUBLICAÇÃO DO EDITAL EDITAL DO CONCURSO, O QUE IMPEDE A BANCA EXAMINADORA DE COBRAR ISSO NA PROVA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Erro típico esse o seu, amigo. Como o tema se refere à atualidades, os examinadores podem cobrar questões referentes a acontecimentos que ocorreram mesmo depois da publicação do edital. Atualidades não especifica nada, devendo o candidato estar atento ao que ocorre no mundo, até o dia da prova. O que não pode é cobrar leis, emendas, decretos, etc.

      Excluir
  17. http://rankings.olhonavaga.com.br/ PUBLIQUE SUA NOTA.. RANK DO CONCURSO!

    ResponderExcluir
  18. Essa eu recorri usando esse argumento..

    ResponderExcluir
  19. Acabei de falar com um professor de um cursinho em Curitiba, a 32 e 36 no dia da prova estavam as afirmativas em 👉 ( ).E não enumeradas conforme o gabarito soltou .Erro de digitação!!!!

    ResponderExcluir
  20. CABEM RECURSO AS QUE NÃO DERAM IMPRESSAO, ESSAS QUE O PROFESSOR FALOU AI EM CIMA E AINDA A QUESTAO 21 POIS NAO EXISTE A CIDADE DE DONETSKI E SIM A DE DONETSK
    .
    SEM O I NO FINAL
    .
    SE ERRARAM O NOME DA CIDADE NAO TEM OPÇÃO CORRETA.!!!!!
    .
    .
    CORRETO REGINALDO ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não acredito que anulem. De maneira nenhuma a falta do I compromete com o entendimento da resposta. assim como a falta de números quando vieram parênteses na 32 e 36.

      Excluir
  21. olá pessoal boal tarde já acabando o prazo para os recursos, será que tem chance quem acertou 29 questões...

    ResponderExcluir
  22. olá pessoal ta quase acabando o prazo para os recursos, será que tem chance quem acertou 29 questões..

    ResponderExcluir
  23. Olá quando termina o prazo pro recurso?

    ResponderExcluir
  24. Respostas
    1. sério mesmo que você conseguiu errar a 39?

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Olá, Cristiano. Esnobando? Que faço acontecer? Que acertei um monte? Gostaria que providenciasse os prints pra que eu possa analisá-los. Deve-se entender a diferença entre esnobar, "se achar" e ter opinião. Eu errei a pergunta do Canyon por besteira, não é por isso que vou desmerecer a questão. Acho que nós temos que parar de reclamar e fazer mais. Eu me incluo nesse grupo. Agora que a prova passou, vejo todo mundo descendo a lenha na prova. Que estava confusa, tinha pegadinhas, tinha conteúdo assim e assado. Temos que perder essa mania. Até porque, reclamar não vai mudar a nota de corte da prova.
      Eu corro o risco de não ser chamado, e, se chamado, corro também o risco de não passar no TAF. todos estamos sujeitos.
      Eu não me acho melhor que ninguém, mas só não deixo me levar pela opinião da massa. Temos que ter opinião própria.
      Por fim, comentei sobre a 39 porque em todos os comentários que vi, todos acharam questão dada, porque ela era sobre o artigo 144 que é minúsculo. Então era fácil de gravar. Mas eu não deveria ter comentado e peço desculpas se se sentiu ofendido. Um abraço e Deus te abençoe

      Excluir
    5. QUERO PEDIR DESCULPAS AO AMIGO, MATEUS MAIA. PELO MEU LAMENTÁVEL
      COMENTÁRIO, SEI QUE VC ESTUDOU MUITO E É MAIS QUE JUSTO SEUS ACERTOS.
      ESPERO QUE VC SEJA CHAMADO PARA O TAF, E TENHA FE EM DEUS QUE TUDO
      VAI DAR CERTO E TENHO CERTEZA QUE VC CERA, UM EXCELENTE POLICIAL
      MUNICIPAL
      ACEITE MINHAS SINCERAS DESCULPAS. E QUE DEUS TE ABENÇOE.

      Excluir

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: